Vídeo - Um dia em NY

Olá meus queridos e queridas, tudo bem ?

Agora nosso canal voltou a ficar ativo e com isso, muitos vídeos de nossas viagens virão por aí...

Hoje, o vídeo que trago para vocês é da nossa chegada ao aeroporto de NY e nossa primeira noite caminhando pelas ruas.

Esperamos que vocês gostem. Assista ao vídeo, assine nosso canal e dê um curtir para que assim, tenhamos feedback.

Um super beijo e vem caminhar conosco por NY...


Trailer Férias em New York 2013





Mais um vídeo no ar...



Beijos

Diário de Bordo - 2013 - Animal Kingdom

Oi gente linda, tudo bem ? Ando sumida, mas minha vida anda bem corrida. Mas prometo que sempre que for tendo uma folguinha, eu venho aqui escrever para vocês.

Hoje, quero mostrar para vocês como é passar um dia no Animal Kingdom na Disney, obviamente que as fotos dependem muito do que cada um acha importante, mas quero dividir minhas memórias com vocês.



Sempre que chegamos ao parque, antes de entrarmos costumamos fazer fotos na área externa.


Aproveitamos que a entrada principal estava tranquila e fomos fazer fotos. Acho que já deu para perceber que amamos fotos né ?!

Neste dia, havíamos agendado uma refeição no restaurante de nome Tusker House. Além de ter uma comida maravilhosa, conta ainda com a participação dos personagens : Donald, Mickey, Minnie, Margarida e Pateta.



Essa foto nós recebemos ao final da refeição, porém nós tínhamos contratado o serviço que hoje se chama Memory Maker, qualquer hora explico melhor sobre esse serviço.


A comida é uma delícia, embora no cardápio diz se tratar de comida Africana, é tudo muito delicioso e existe opção para todos os gostos. O atendimento do local também é bem bacana. Os canudos são feitos com material reciclável, ou seja, são de uma espécie de material parecido com o miolo do papel higiênico, é um pouco estranho, mas tudo bem.


Durante a refeição, os personagens que eu citei lá em cima, se revezam nas mesas. Param para fotos, autógrafos e vez ou outra ainda fazem alguma pequena brincadeira, principalmente com as crianças.


Essas refeições, você irá gastar um pouco mais do que os fast foods do parque. Para dois adultos e uma criança, gasta-se na faixa de USD 130 com TIP (se não me engano), mas eu acho que compensa muito. Comemos super bem, nos divertimos e este restaurante com certeza eu vou mais vezes (inclusive já fui). Existe alguns que eu faço questão de repetir sempre que vou a Disney e o Tusker é um deles.


O Mickey como sempre um fofo, a magia sempre está presente. E eu fico muito feliz e honrada, além de orgulhosa de poder vivenciar isso, mas trazer essa magia para a vida do meu filho. Acreditar nos sonhos, essa é a máxima da Disney e que trago para minha vida em tudo.


Logo após a refeição, saímos para caminhar pelo parque. O dia estava muito quente e com isso o esgotamento vem mais rápido, por este motivo é importante que você conheça o ritmo da sua criança. O meu filho, eu compro um carrinho destes de bebê, mas lá, a capacidade de peso é maior. Logo, eu vou apenas trocando quando meu filho vai crescendo. Eu acho muito importante dar essa condição a criança, até porque eles se cansam e podem dar uma cochilada sem precisar voltar para o hotel. Funciona muito bem para nós.


Esta foto é dentro da atração Vida de Insento, lá é recriado todo o enredo do desenho. É um simulador 4D, muito divertido e engraçado. É a vingança dos insetos. O meu filho quando foi a primeira vez assustou.



Ao sairmos da atração vimos que a fila para tirar fotos com o Mickey e Minnie estava bem tranquilo, resolvemos fazer.


Meu filho é só alegria.


Eu então...sorriso que não cabe no rosto.


Na atração Kilimanjaro Safari é possível entrar no habitat dos animais e observá-los bem de pertinho. Esse contato com a natureza, é maravilhoso e gratificante.


Na minha ignorancia, eu acreditava que a girafa só ficasse em pé, mas vivendo e aprendendo. Disney também é cultura rsrsrs.


Eu não tenho palavras para descrever o quão magnífico é este passeio. Encanta a adultos e crianças.


Paramos para uma foto com o Donald.


Depois ficamos vendo quais animais encontrávamos na Arvore da Vida. Outra beleza para os olhos, sempre atenção aos detalhes, como o padrão Disney.


Para terminar o dia seguimos para o Everest.


Dancing With the Star - Espcial Disney


Foi como uma noite mágica no salão de festas, Dancing With the Stars temporada 20 comemorou "Disney Night", com algumas performances fantásticas, retocadas com um pouco de cortesia mágica da Disney Animation, e a participação especial do nosso querido Mickey e toda turma.
Cada casal dançou para uma música de um hit dos filmes da Disney como Aladdin , A Pequena Sereia ou Mary Poppins . Mais uma vez, os anfitriões Tom Bergeron e Erin Andrews nos acolheu de volta para o salão de festas e juízes Carrie Ann Inaba , Len Goodman , Julianne Hough e Bruno Tonioli estavam à disposição para criticar as performances. No final da noite, foi a vez de outro casal para enfrentar eliminação. Mas o que vale mesmo é assistir o show que foram as apresentações, a forma mais facíl é pela pagina da ABC no Facebook.
Por hora segue a abertura, para quem ama como eu, prepare o lencinho.
We've had many great opening numbers throughout the years, but this might be one of the very best! #DisneyNight #DWTS
Posted by Dancing with the Stars on Segunda, 13 de abril de 2015

Diário de Bordo - 2013 - Legoland - Flórida

Desta vez vou dividir com vocês, como é o parque (maravilhoso) da Lego que tem em Orlando. Vale muito a pena, principalmente para quem tem crianças na faixa de 3 a 8 anos.

Os ingressos eu ganhei da minha amiga chamada Débora então, resolvi ir conhecer.

Logo na chegada do parque, já somos agraciados com essa entrada linda. E como não podia ser diferente, é tudo feito com Lego.


Logo depois de entrar, como é comum nos parques, você encontra uma loja grande com diversos produtos da Lego. São mochilas, chaveiros, roupas, relógios e muito mais...Meu filho ficou encantado.


Essa foto mostra a visão parcial de profundidade da loja, queria que vocês pudessem ter uma real noção do espaço interno.

Existem Legos de todos os modelos, tipos, tamanhos e para todos os bolsos. Trouxemos algumas peças para nossa coleção.



No passeio pelo parque, você encontra diversas peças montadas com Lego. É realmente de encher os olhos.


É tudo muito grandioso e espetacular, imagina você poder ver tudo feito com Lego. É a oportunidade de retornar a infância.


O cavalo do Carrossel imita os cavalos de Lego. Mateus adorou e se divertiu muito, como não havia fila, ele foi por mais de uma vez.


Vários locais de várias cidades foram recriados em miniaturas e todos feitos com Lego. É possível comprar o Lego para recriar os principais pontos turísticos do mundo.


Observe a riqueza de detalhes...


Depois disso, fomos a um brinquedo que funciona assim, você viaja por um carrinho como uma montanha russa, durante o trajeto precisa atirar em algumas coisas e de acordo com os seus tiros, você acumula pontos.


Como eu disse, é um parque voltado ao entretenimento dos pequenos. Meu filho adorou tudo o que viu e a cada tanto, precísavamos parar para que ele tirasse foto.


Nossa máquina acabou a bateria, todas as fotos foram feitas com meu celular. E pensa que o Mateus diminuiu as fotos por conta disso ? Que nada.


Sim, é uma EcoSport em tamanho real, toda feita com Legos, muito bacana e de uma perfeição incrível. Nessa parte do parque, as crianças podem tirar a sua habilitação veicular do parque da Lego. Eles tem aula de transito teorica e depois precisam colocar em prática o que aprenderam, dirigindo pela pista da Lego. Em inglês.




Mesmo as peças que não são feitas com Lego, recriam os itens que encontramos dentro das caixinhas do brinquedo.



Essa foi uma pequena mostra do parque. 

Informações adicionais :


É um parque que abre mais tarde e fecha mais cedo, por ficar um pouco distante, organize o seu dia de forma a poder priorizar o divertimento.


É um parque com ingressos mais caros que a média, mas existem algumas promoções em que a criança não paga. Fique de olho.


Neste parque, quem mais vai se divertir, certamente será a criança de 3 a 8 anos.


Os adultos certamente irão se encantar com a montagem usando as peças.


Não há muitas opçoes para comer. No restaurante principal a opção é de lanches no mesmo preço dos demais parques.



Mudando de Ares - Buenos Aires - Diário de Bordo.

Oi gente, tudo bem ? Hoje venho trazer alguns momentos que vivemos em Buenos Aires. Essas fotos tem alguns anos, mas não deixam de ser especiais.

Vivemos muitas coisas bacanas por lá, ficamos por dez dias. E creio que é um lugar que todo mundo que tiver a oportunidade deve ir conhecer, embora tão perto a cultura é muito diferente.

A nossa viagem foi através da CVC, por este motivo, eles nos deram um City Tour e vieram nos buscar em nosso hotel. Como era nosso primeiro dia na cidade, resolvemos participar.

Por todo o passeio, por conta da chuva forte, não pudemos aproveitar muita coisa. Apenas quando chegamos no bairro do Boca é que a chuva deu uma diminuída e podemos caminhar.




O Boca é um bairro riquíssimo culturalmente. Muita arte, restaurantes e pessoas animadas em receber bem os turistas.


Nessa foto pode se ter uma visão de como é o centro do bairro, a parte turística, digamos assim.


Fizemos uma pausa neste local, para fazermos diversas fotos, o local é simples, porém muito bacana de ser fotografado. Retrata grande contraste da força de um povo.


Essa é a loja da Havanna, me indicaram tantas coisas dela, que sai comprando o mundo, mas vou dizer que não achei tudo isso não. Não sei se é porque eu não gosto tanto assim de chocolate. E o alfajor, já comi melhores, talvez porque comi muuuuuito kkkkk.


Resolvemos dar uma volta para ver tudo o que o bairro, poderia nos oferecer de bacana. Gostamos muito de tudo o que vimos por lá.


Os artistas de rua, expoem suas obras assim e as vendem. Algo muito bonito de se ver. E mesmo com a chuva que tinha acabado de cair, muitos estavam lá.


Resolvemos parar em um bar e restaurante local, pois estávamos com sede. Resolvi tomar a Quilmes e exprimentar. Muito boa mesmo, adorei.

Decidimos que não iríamos voltar com a excursão. Resolvemos passear e conhecer mais coisas pela cidade. Pegamos um táxi e fomos até Puerto Madero.


Nos alertaram para que tomássemos cuidado com os furtos que estavam ocorrendo constantemente em alguns locais de Buenos Aires.


Estávamos com fome ao chegar em Puerto Madero, por indicação resolvemos comer no Restaurante chamado Siga La Vaca, restaurante este que não indico a ninguém.

Funciona no estilo de uma churrascaria Self Service, porém alguns pontos que tenho de destacar :

* Caro
* Atendimento péssimo
* Carne com gosto de sangue.
* Serviram água sem que solicitássemos e ainda cobraram por isso.


Essa é a porta do restaurante. Não sei se nos dias de hoje a qualidade melhorou, mas realmente não recomendo. Quando é bom eu falo, mas quando não é, me sinto na obrigação de dizer o mesmo a vocês. Afinal, quando estamos a passeio, o que menos queremos é ter momentos desagradáveis.


Resolvemos andar um pouco por Puerto Madero e conhecer a beleza dessa parte da cidade. Estava em expansão ainda, muitas coisas e comércios sendo construídos e segunda informações que tivemos, embora a Argentina esteja mal financeiramente, eles acreditam que essa região será melhorada e consequentemente mais pessoas e mais empregos.


Essa pirâmide, faz parte dos domínios de uma faculdade que tem sua sede em Puerto Madero.

Ao sair de Puerto Madero, fomos para uma região onde existem alguns Outlets : Levis, Adidas e etc... Fizemos algumas compras e voltamos ao nosso hotel.

Nosso hotel foi o hotel Impala, que fica no bairro da Recoleta. Adoramos. O Hotel é um hotel antigo, porém limpo e com bom atendimento. O café da manhã quebrava bem o galho, era servido suco de laranja,iogurte, cereais, frios e pães.




A região da hospedagem, tinha tudo perto. Além de ser uma localização privilegiada, pois podíamos ir a pé ao Hard Rock Café, a feirinha de domingo que acontece na praça central da Recoleta e a um dos melhores cafés de Buenos Aires. Além de estarmos perto de uma sorveteria Freddo.

A média de diária neste hotel é de R$ 135 com café da manhã.

Este foi o nosso primeiro dia em Buenos Aires, em breve eu volto com mais um dia, seja em Buenos Aires, Miami, Orlando, Nova Iorque ou cidades do Brasil. Me aguardem.

Um super beijo.

Diário de Bordo - 2014 - Universal Studios - Café La Bamba

Olá pessoas lindas, tudo bem ?

Hoje venho trazer para vocês, mas um pouquinho sobre a terra da magia : Orlando. Muita gente não sabe, mas é possível fazer um café da manhã no parque Universal Studios.
A compra é antecipada e deve ser feita pelo site do parque, depois é necessário que você ligue para a Universal e agende a sua data.


O café da manhã é servido no restaurante chamado Café La Bamba. Você chega e faz o check in pela entrada que tem ao lado direito desta foto.


Em seguida, você é levado a uma área para escolher o que deseja comer, meio no esquema bandeijão. O café é o típico americano. Eu escolhi pork salsage, panquecas, croissants, ovos e batatas, para beber pedi água e coca cola (sim, tenho, ou melhor tinha, o hábito de tomar Coca no café).
Muita gente fala mal do café da manhã daqui, de forma que fui esperando o pior. Não achei ruim não, é bem comível. Dizem ainda, que não pode repetir. No dia em que fomos estava beeeeem vazio, eu quis mais e fui servida sem qualquer problema ou cara feia.


A primeira que veio a nossa mesa foi a Dora, super gentil e pousou para fotos com todos e sem pressa. Nos atendeu muito bem.

Depois foi o Diego que veio até nós. Meu filho Mateus estava encantado, vários personagens dos quais ele gosta estavam ali conosco. Mas estavámos ansiosos pelo Gru.

O Bob Esponja e o Lula Molusco ficaram muito tempo brincando e tirando onda com meu filho, dançaram, fizeram a maior bagunça, foi muito divertido.

Chegou quem estávamos aguardando, era também o mais aguardado por todas as famílias presentes. Passou por nós bem rápido, mas não deixou de ser atencioso. Em outra mesa, ele dançou e ficou um tempão, achei muito bacana. A energia do local estava maravilhoso, um dia gostoso, sem pressa, sem ninguém nos apressando para ir embora.

Chegou o Hop e era tão lindo, tão fofo....Adoramos. Eu não conhecia, Mateus quem me disse.



E a Boina Rosa foi a última que veio a nossa mesa para encerrarmos nosso café.

Espero que tenham gostado desta experiência.

Beijos.